26 outubro, 2012

ROSAS DO MEU JARDIM!


São tão estupendas as vibrações do amor que flui do coração humano, que captadas por outro coração, singram na imensidão do Infinito, como estrela que cruza o firmamento, em estreita solidariedade com astros companheiros, que como avezinhas da Terra, voam juntas para regiões estivais.

E o amor floresce nos corações, como as rosas desabrocham no horto interior, LUZ DE VIDA ACESA NO CORAÇÃO, como oração cândida do entardecer!

O amor traz tochas de fogo no coração e luz de estrelas no olhar!

Senhor!

Quero na minha humildade servir o mundo, embora pequeno e apagado, mas imitando teu exemplo de sol resplandecente!

O pranto de dor da humanidade fere meus sentimentos!

Como posso estancar este pranto?

O amor sabe como transformar em alegria o sofrimento humano.

O amor é dádiva divina que floresce, no amanhecer ou no entardecer da existência, mas quando nasce no coração é como fogueira que incendeia tudo ao derredor!

Um amor puro e santo pode iluminar as regiões sombrias do planeta, e apaziguar muitas dores, derramando paz e ventura, fé viva e esperança, onde antes só havia desolação!

Não é vivendo nos prazeres da carne que a felicidade é encontrada, e sim, ajudando todos aqueles que necessitam de amparo, e ao cruzar nosso caminho, são acolhidos em nosso coração como irmãos carentes de amor!

Ó misterioso e sublime mistério do Amor!

O Amor, tudo pode, tudo vence, tudo soluciona, dulcifica a angústia e constrói para a Eternidade!
Fonte: Mensagem recebida por e-mail.
Desconheço o autor
Postar um comentário