28 maio, 2013

O UNIVERSO DIZ SIM


             
           



Sabei que do céu abundante fluem todas as riquezas; E o que o homem dá - os deuses através do homem concedem. - HOMERO

Tudo é bom. Todas as tradições espirituais nos dizem que todas as coisas vêm de Deus. Por conseguinte, onde Deus não está presente?
 Onde o espírito não está presente?
Onde a energia não está presente?
Prosperidade ou pobreza: o que Deus realmente quer?

Vamos revisitar por um momento a ciência e a idéia de que todos os objetos sólidos são na verdade 99,99999% luz. Esse Campo de Ponto Zero, ou campo informe, é o lugar de onde emerge toda a forma.
Chamo esse campo energético de Espírito.

Então, persiga todas as suas metas com igual entusiasmo, sabendo que são todas espirituais, e acredite que Deus, ou seu Eu Superior ou o universo diz sempre e exclusivamente “Sim”.

Você é o co-criador da sua realidade.

Quando você aceita que a vontade de Deus é a sua vontade, você realmente se torna o co-criador do seu universo. Este último é como você o faz, nem menos, nem mais. A realidade não está lá fora para que você a descubra; ela está aqui dentro,  te pertence e está em ação em sua mente para que você a reconheça e escolha. para que você a reconheça e escolha. Até mesmo a ciência moderna demonstra que não existe nenhum lá fora lá fora.

Quando você tem consciência que a sua Divina Presença - Eu superior, ou o Espírito espelha a consciência de Deus – “Eu e Pai somos UM”, você re-conhece que a sua Vontade é a Vontade de Deus. A Vontade de Deus quer que Haja Luz para compartilhar para o bem de todos.

Sei que isso parece contrário à intuição. Vou recorrer uma vez mais à física quântica para poder explicar melhor. Você se lembra da antiga pergunta: se uma árvore tomba na floresta mas ninguém está presente para ouvi-lo, ela realmente emite um som?

 Algumas pessoas responderiam o seguinte: “Claro que sim! Não há como uma árvore cair sem emitir um som, de modo que não importa que eu esteja ou não na floresta para ouvi-lo.” Bem, os físicos quânticos afirmam que quem diz isso está errado.

Eles asseveram que nada existe sem um observador, que as atividades em qualquer ambiente considerado dependem inteiramente do que (ou de quem) está presente para interagir com elas.

 Na ciência, isso se chama efeito do observador, e Niels Bohr, ganhador do prêmio Nobel, insiste em assegurar que isso significa que não podemos associar uma interpretação física aos processos quânticos porque afetamos esses processos meramente pelo fato de os estarmos observando. David Bohm, um colega de Einstein, declarou: “É impossível separar o observador da coisa observada.”

Em outras palavras, não existe uma realidade objetiva; podemos apenas tentar descrever o que percebemos. A árvore não emite um som quando tomba. O som nada mais é do que vibrações que estimulam a penugem do seu ouvido.

 Você emite o som na sua mente. Na verdade, a árvore não tomba se não existe ninguém para observá-la. Pense no seguinte: se você e a árvore são um só, então a árvore não está presente quando você não está. Que loucura, hein?

De fato, é muito bizarro. Deepak Chopra comentou certa vez que a física quântica não é mais esquisita do que pensamos; ela é mais esquisita do que podemos pensar. Por mais estranho que possa ser, podemos usar essas teorias para produzir resultados práticos e profundos em todos os aspectos da nossa vida.

Na sopa quântica, o potencial e a possibilidade ilimitados colapsam em uma única possibilidade no momento em que decidimos o que vamos observar. Somos nós que escolhemos a nossa realidade.

Quando meditamos no aqui e no agora, tempo do Universo, ponto do Tao, estamos observando e criando a nossa realidade..

“O Eterno vir-a-ser fluxo sem fim, pertencem a manifestação da essência da vontade.”

Quando a Vontade de Deus se une a nossa vontade, acontece o milagre. Somos liberados do carma, redimido pelo amor de Deus.
“O vidente é pura consciência, mas apesar de puro, parece ver através da mente”

Quando estamos meditação podemos alcançar ou “espelhar” a Consciência Divina - o microcosmo espelha o macrocosmo;  e assim  entrar  em “contato” com o Parâmatman – a Alma suprema do Universo, que tem muitos nomes como: o Espírito Universal ou Supremo, Deus, o Eu supremo, que é um com o Espírito Universal. Self Primordial. Supremo. Consciência Universal.Absoluto. a Unidade. Eu sou tudo aquilo que é. Eu sou o que sou. Paramatman é o aspecto localizado do Absoluto. Refere-se ao caráter onipenetrante da Divindade que se faz presente no coração de tudo o que é vivo e dentro de cada átomo e célula do universo

O texto está na integra no blog abaixo



Postar um comentário