13 outubro, 2010

Você é pura energia!


:: Graziella Marraccini ::



Como definimos a energia? Vamos ver o que diz o dicionário Aulete: 1. Fís. Capacidade, potencial (que tem um sistema, um corpo, uma substância) de realizar um trabalho. E o Aurélio afirma que 'a massa de um corpo pode se transformar em energia e a energia sob forma radiante pode se transformar em um corpúsculo com massa'. Portanto, quando nosso espírito se materializa em um corpo físico na Terra, ele inicia como pura energia radiante (adorei o 'radiante') para formar a nossa massa corporal. A informação sobre nossa materialização já existe no princípio energético inicial. Do mesmo jeito, quando desencarnamos, nos tornamos pura energia para nos integrarmos novamente à energia primordial radiante! O raciocínio parece bem lógico, não é? Mas, então, o que impede esse 'retorno à energia radiante inicial'?



A meu ver, um dos maiores empecilhos para que isso aconteça é o 'lixo' que acumulamos durante nossa estada aqui na Terra. O lixo é representado por várias coisas, mas, principalmente, por desejos ou sentimentos negativos e por hábitos nocivos. Essa negatividade é a maior causa de nossas doenças e posteriormente irá retardar nosso retorno ao estado de pureza inicial. A energia é força pura e sem essa força não podemos funcionar. A medicina chinesa explica que cada um de nós nasce com uma energia inicial que nos é transmitida pela hereditariedade. Esta energia inicial -que como astróloga identifico pertencendo ao elemento Fogo- é determinante, pois é nossa reserva natural necessária para que nosso corpo físico faça seu trabalho. Sem energia não há vontade. Sem energia existe a morte física.



Outra energia necessária ao nosso sustento é aquela que provém da respiração, ou seja, do oxigênio que nós respiramos. Se vivermos em lugares poluídos, onde o oxigênio não é suficientemente limpo, perdemos boa parte da carga de energia proveniente do Ar, e causamos desequilíbrio no campo energético. Quem vive nas grandes metrópoles como São Paulo tem uma idéia do que eu estou falando! No entanto, sabemos que é a Terra como um todo que já está começando a ficar doente por causa desta carência energética global e que a humanidade adoece em conseqüência deste desequilíbrio no ecossistema natural.



Uma outra fonte de energia é proveniente da alimentação, e é a energia da Terra. Esta é também necessária para que possamos nutrir nosso corpo físico com proteínas, carboidratos, vitaminas, sais minerais, etc.. Somos o que comemos, dizem os médicos. Uma alimentação saudável e variada com alimentos isentos de agrotóxicos fornecerá certamente a melhor energia da Terra.



Por último, temos a energia da Água que hidrata e promove o transporte das outras energias, sendo também responsável pela limpeza dos órgãos de nosso corpo físico. Sabemos da importância deste elemento, sem o qual nossa vida não seria possível em nosso planeta.



Reconheço que nem sempre conseguimos manter esses quatro elementos em equilíbrio perfeito e por essa razão acabamos adoecendo... Continuando nossa reflexão, podemos concluir que se temos uma boa hereditariedade, comemos bem, bebemos bastante água e nos exercitamos bastante, teremos uma vida longa e saudável, certo? Pois a conta não é assim tão fácil, porque o que polui mais nosso corpo é nossa negatividade, ou seja, nossos pensamentos! O 'lixo' que carregamos pela vida poluindo nosso campo energético é certamente proveniente de nossos pensamentos. Emoções e pensamentos negativos impedem também nosso caminho de volta ao Nosso Lar, porque a energia da Terra provém também dos pensamentos e sentimentos dos homens.

Se nós reconhecermos que toda a energia negativa gerada por nossos pensamentos e sentimentos negativos voltará para nós em forma de negatividade, poderemos procurar transmutar todos os sentimentos negativos e desta forma recuperar (consertar) nosso campo energético. Se transformarmos um pensamento negativo num pensamento de amor, transmutaremos o campo energético a ponto de recuperar os estragos!
Postar um comentário