15 junho, 2011

A LUA CHEIA DE GÊMEOS E O ECLIPCE TOTAL


Que haja transformação e que ela comece por mim!!!

Você pode estar pensando que não é do signo de Gêmeos ou Sagitário,

mas todos nós temos todos os signos em algum setor do nosso Mapa Natal.

Mas quando SOL e LUA passam pelos signos,

todos nós, sem exceção, somos influenciados pela energia desses signos.





A Lua Cheia de Gêmeos e o Eclipse Lunar



Dia 15 de Junho, às 17hs16 ocorre a Lua Cheia de Gêmeos com o Sol no signo de Gêmeos se opondo à Lua no signo de Sagitário.

Nessa Lua Cheia ocorre um Eclipse Total da Lua. Todos os aspectos que ocorrem na Natureza interferem em nossas vidas de alguma forma.

E quais são? Vamos pensar sobre isso?
 
O Eclipse Lunar


Os eclipses são fenômenos celestes que, ao longo da história, causaram temor e admiração. O termo eclipse é de origem grega, significando "desmaio ou abandono", e refere-se ao obscurecimento da luz, quando se observa o Sol ou a Lua durante o fenômeno.

O Eclipse Lunar ocorre na Lua Cheia, quando o Sol, a Lua e a Terra estão alinhados entre si com exatidão. Nos Eclipses Lunares Total, a Lua está completamente imersa na sombra umbral da Terra, ou no cone da sombra terrestre. Quando a Terra passa entre os dois, impede que a luz do Sol chegue à Lua, e ela fica escura. A forma redonda que vemos avançando sobre a Lua é a sombra da Terra. Um fato que impede de haver um eclipse lunar a cada lua cheia, é a inclinação da órbita lunar.

E como o Eclipse nos afeta astrologicamente?

Os Eclipses catalisam um momento no universo em que tudo aquilo que está incubado ou esperando o momento para emergir, pode trazer situações inesperadas. A melhor preparação é saber que nada que vem a nós, é por acaso.

Os eclipses podem provocar grandes “insights”. Este "insight" representa um momento de extrema clareza e entendimento. O que é percebido, conscientizado ou sentido agora, pode levar meses para ser reconhecido ou digerido. O tema que ocupa nossas mentes, surgido durante esse período, pode produzir mudanças espetaculares em nossa consciência.

Podemos nos preparar criando um espaço maior para nós mesmos, para lidar com as emoções que estão nos afligindo e podem emergir repentinamente. Devemos dar prioridade às atividades mais concretas, que nos colocam em contato com a realidade, e nos ancoram.

Os Eclipses Lunares propiciam períodos introspectivos e sutis, trazendo à luz o que estava obscuro. Provoca, também, um confronto entre o passado e futuro, mas é o futuro que deve vencer.

Esse eclipse na Lua Cheia de Gêmeos terá ênfase na comunicação com responsabilidade, leveza com seriedade, flexibilidade para atuar no meio que nos circunda, e o comprometimento das nossas ações.

Lua Cheia de Gêmeos ou Festival da Humanidade

No dia 15 de Junho, às 17hs16 ocorre a Lua Cheia de Gêmeos. E porque meditar sempre e, principalmente, na Lua Cheia? A meditação é um potente método a serviço da humanidade, quando a mente é empregada como um canal para a recepção de luz, de amor e de vontade para bem. O momento da Lua Cheia, em cada mês, oferece a maior oportunidade para que a meditação seja utilizada como um meio de cooperação com o Propósito ou Plano Divino para nós, e para o nosso mundo.

Vamos meditar sobre os assuntos relacionados aos signos que envolvem os dois luminares da Lua Cheia, que ocorre com o Sol em Gêmeos e a Lua em Sagitário. E todos nós temos esses signos em alguma casa do nosso Mapa Natal.

Gêmeos é o signo onde aprendemos a nos relacionar:

- com nós mesmos, com os outros seres humanos e com o mundo que nos cerca. Gêmeos trabalha com a mente concreta como mediadora da personalidade, e precisa aprender a ter as "corretas relações humanas" com tudo que o cerca, começando inclusive por si mesmo. Gêmeos representa a necessidade de ser flexível, versátil, curioso, ser capaz de explicar e de ter razões lógicas e concretas.

Tem a curiosidade e a maleabilidade necessária para fazer com que o processo que foi criado e consolidado, em Áries e Touro sucessivamente, entre em contato com um todo maior. O seu principal símbolo são justamente os gêmeos Castor e Polux, um mortal e outro imortal. Lembremos que somos seres duais, que temos uma parte divina e uma parte humana. Vamos trazer o divino ao humano. E através do signo de Sagitário isso é permitido.

Sagitário é o signo que nos ensina a ter Fé, a acreditar na Hierarquia dos Mestres, a seguir uma tradição. É a mente iluminada estabelecendo uma relação entre a personalidade e a alma.

A Lua em Sagitário traz a necessidade emocional de sermos bons, verdadeiros, e atuarmos com Vontade... Devemos trabalhar a nossa boa vontade.

E o que é a Boa Vontade? Na realidade a boa vontade, é a Vontade para o Bem, o Bom e o Belo. Temos aí dois elementos: a Vontade, o movimento de colocarmos nossa energia em algo, e o Bem, ou seja, querermos o melhor - para nós, para os nossos, para o nosso universo de sentidos.

É através do signo de Sagitário que afirmamos as nossas verdades, em que temos uma filosofia de vida para seguir. É o signo que nos permite ajustar o foco, pois Gêmeos sem foco gera a dispersão.

Vamos aproveitar a energia desse aspecto entre o Sol e a Lua para uma reflexão sobre nossos atos:

- O que é Verdade para nós?

- Atuamos na freqüência da verdade diariamente (conosco e com as pessoas que nos cercam)?

- Como estamos nos relacionando (conosco, com os outros, com o nosso planeta)?

- As atitudes que tomamos são para ajudá-los ou para tornar tudo mais fácil para nós?

- Estamos precisando melhorar nossa comunicação? Torná-la mais verdadeira e mais eficaz?

- Temos metas a seguir? Elas estão escritas em algum lugar?

Ao colocar as metas no papel, e dar prazos, Criamos a possibilidade para que entendamos a nossa vontade. Porque nós mesmos dispersamos muitas vezes do foco que “dizemos querer”, o basta ter vontade, tem que criar a possibilidade, e aí elas comecem a tomar forma.

- Como colaboramos para curar a nós mesmos e as pessoas que nos cercam?

Que nessa Lua Cheia do eixo Gêmeos – Sagitário, que é o  eixo do conhecimento, possamos meditar com o que nos comprometemos e não realizamos (conosco ou com os outros), e colocarmos na lista de coisas a fazer...

Aspectos do período que podemos aproveitar: Sol e Lua fazem aspectos com Netuno (que representa a inspiração criadora, a fé que remove até montanhas, o êxtase que eleva, a intuição que faz você sentir-se parte do Todo, a compaixão e o amor universal) indicando que somente quando deixamos de pensar as nossas particularidades e sendo parte do Todo, poderemos realmente comunicar as nossas verdades. Aquilo
para o qual fomos designados emerge e só assim deixaremos de atuar no robótico. Aproveite esse momento, Netuno ajuda a diluir e dissolver o que é necessário.

É difícil? Não. É trabalhoso!

Essa Lua Cheia de Gêmeos está dizendo:

“- Pense! Reflita e questione! Afirme as suas verdades.”

Vivemos hoje o que criamos há tempos atrás. E nesse exato momento estamos tecendo o futuro. Não adianta olhar para frente e querer construir o futuro, olhe para o AGORA e se conscientize onde você está atuando. Esse é o seu AMANHÃ. Cada um é responsável pelo que ocorre consigo.

Sempre está tudo certo. Mesmo que não esteja tudo bem!

Acredite! Faz parte da orquestração universal!!!

Ao mesmo tempo Plutão, o planeta transformador (transforma + dor) que rege a massa e as grandes causas, está em aspecto positivo com Júpiter, o planeta regente de Sagitário, propiciando transformações (transformar as nossas ações) positivas.

E esses nossas ações devem ser aquelas que favorecem o maior número de pessoas, e não só você. Plutão que rege a massa, não despende energia em atitudes individuais. Ele atua de forma positiva quando muitos se beneficiam, além de você.

O momento é excelente para agirmos de forma eficiente e transformadora. É tempo de afirmar as minhas verdade. Que haja transformação e que ela comece por mim!!!

Namastê (o meu Deus Interior saúda o seu Deus Interior)!

Teresa Maia

Astrologia - Radiônica

Tel: (21) 9616-8306

"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo; não posso abrir-lhe outro mundo de imagens além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave, Eu ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo e isso é tudo."

(Herman Hesse)

Ao orar “A Grande Invocação”, fazer um pedido pessoal e um pedido para a humanidade! “A Invocação ou Oração abaixo não pertence a nenhuma pessoa ou grupo, mas a toda a Humanidade. A beleza e a força desta invocação repousam em sua simplicidade e em sua expressão de certas verdades centrais que todos os homens inata e normalmente aceitam – a verdade da existência de uma inteligência básica a Quem nós vagamente damos o nome de Deus; a verdade que por trás de toda a aparência exterior, o poder motivador do universo é o Amor; a verdade que uma grande individualidade veio à Terra, chamada pelos Cristãos, o Cristo, e encarnou aquele amor de modo que o pudéssemos compreender; a verdade que tanto o amor como a inteligência são feitos do que é chamada a Vontade de Deus; e, finalmente, a verdade autoevidente que somente através da própria humanidade pode o Plano Divino realizar-se.” Alice A. Bailey

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de Luz na Mente de Deus

Flua luz às mentes dos homens.

Que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no Coração de Deus

Flua amor aos corações dos homens.

Que o Cristo volte à Terra.

Do centro onde a vontade de Deus é conhecida

Guie o propósito as pequenas vontades dos homens –

O propósito que os Mestres conhecem e a que servem.

Do centro a que chamamos raça dos homens

Cumpra-se o Plano de Amor e Luz.

E que ele vede a porta onde mora o mal.

Que a Luz o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.

OM OM OM
Postar um comentário