07 maio, 2011

Silêncio



Existe um ditado cabalístico que diz que uma palavra vale uma moeda, mas que o silêncio vale duas.
Um pai queria ensinar a seu filho pequeno o valor do silêncio. Levou-o a um bosque para ouvir os pássaros cantando. Parou numa clareira, e depois de passarem algum tempo quietos, perguntou:
- Você está ouvindo alguma coisa, além do canto dos pássaros?
O filho apurou os ouvidos e respondeu:
- Estou ouvindo o barulho de uma carroça que parece estar descendo pela estrada.
- Isto mesmo - disse o pai - é uma carroça vazia.
De onde eles estavam não era possível ver a estrada, e o filho perguntou admirado:
- Como o senhor pode saber que a carroça está vazia?
Carinhosamente, o pai colocou a mão no ombro da criança e olhou bem fundo de seus olhos:
- Por causa do barulho que faz. Quanto mais vazia a carroça, maior o barulho que faz.
Da mesma forma, as pessoas cheias de si e vazias por dentro gostam de ocupar espaço com suas palavras inúteis.

Por: Shmuel Lemle
Postar um comentário