30 abril, 2011

Esposos Eternos

Meu eterno esposo me possuía desde antes da eterna obra. Eternamente nos amamos, antes da criação do sol das estrelas e da Terra. Antes dos abismos fomos engendrados, Ele e Eu por nós mesmos, nascemos de nossa própria vida eterna.

Antes que houvesse mares e muitas águas, antes que as montanhas fossem erguidas, antes das nebulosas, mães das estrelas, antes que fossem nascidos de nós dois, Eu e Ele eternos, estendemos céus sobre os abismos!

Quando criamos nebulosas para que engendrassem sois radiantes Eu e Ele já estávamos unidos!

Eu e Ele nascemos juntos, nos engendramos nós mesmos, e vivemos em eterno amor!

Todo o Universo é nosso d’Ele e Meu, e nos conhecemos como dedos da mesma mão!

Quem sou eu? Eu sou a SABEDORIA, esposa do Eterno Invisível, amo aos que me amam, aqueles que buscam desde o alvorecer da vida até aos bordos do sepulcro!

Eu e meu Eterno Esposo nos permitimos dar-nos aos que nos amam. Aqueles que nos amam, não podem nos ver, nem tocar, nem nos ferir!

Só nos podem ver como a imagem refletida na fonte serena!

Na infinita variedade de sois, estrelas e mundos que povoam os abismos, habitam uma enorme variedade de humanidades!

Do ar, fogo, e pó, foram feitos os mundos na Eterna noite dos tempos, onde dormiam os abismos. O Eterno Invisível e Eu, nos amamos e engendramos estrelas, constelações e galáxias, para moradas, daqueles que no futuro serão nossos amados, nossa própria vida renovada no infinito, chispas divinas nascidas do nosso amor as ALMAS!

No eterno espaço não há em cima, nem embaixo nem lados, nem principio nem fim,tudo são criações nascidas do nosso amor Eu e Ele, o Eterno Invisível!

Em tudo, nós penetramos com nosso fluido vital a Luz Eterna, que leva Vida a tudo que existe!

Homem terrestre como tu fostes, é , e será, serão todos os seres que povoam todos os globos que povoam e rolam no infinito como bolhas que rolam nos abismos!

Eu sou a SABEDORIA a Eterna Amada, do Eterno Invisível e Ele me permite revelar aos que me amam e desde a madrugada me buscam!

Homem terrestre purifica o teu coração e faças com que eu te busque! Só o puro de coração pode me ver!

Não te encerres no pântano negro da iniqüidade: assim é o fanatismo, a soberba e o egoísmo!

Eu e o Eterno te demos três asas poderosas: ENTENDIMENTO,MEMÓRIA e VONTADE! Agite-as na imensidade e nos encontrarás e nos amarás e acenderás tua pequena luz em nossa grande luz, e assim viverás a verdadeira Vida que é o conhecimento. PAZ e AMOR para toda a eternidade. Quem mereça compreender que compreenda quem mereça saber que saiba!

Transcrito de Harpas Eternas. Hilarião de Monte Nebo.

Ismael de Almeida.

Postar um comentário