01 fevereiro, 2011

Artigo canalizado do Arcanjo Miguel através de Kate Spreckley




Nos últimos 5 anos muitos Trabalhadores da luz passaram por um processo de transição e ascensão. Esta transição tem sido de uma terceira e quarta frequência dimensional para uma freqüência dimensional Cristal ou de quinta dimensão. Isto tem sido, em alguns momentos, uma experiência muito traumática para muitos que tiveram que libertar e curar velhas feridas, velhos padrões e velhos relacionamentos, não apenas desta vida mas de muitas vidas passadas. Tivemos também que descobrir novas formas de ser, novos modos de equilíbrio, harmonia, felicidade, abundância e amor. Amor incondicional para nós próprios e para todos os outros, um tipo de amor que ainda não sentimos em nossas muitas encarnações neste planeta.

Inicialmente a transição para a vibração Cristal foi iniciada pelo nascimento das Crianças Cristal, que começaram a encarnar no final de 1990. Estas crianças eram de uma vibração superior e eram, portanto, muito mais sensíveis às energias inferiores que dominaram o nosso planeta e a nossa sociedade. A missão destas crianças era trazer e manter a energia Cristal ou de 5ª dimensão. Estas crianças estavam tendo dificuldade em lidar com as energias inferiores e estavam achando difícil manter as suas vibrações superiores. Trabalhadores da Luz através do globo ouviram seus pedidos de ajuda e escolheram iniciar os seus próprios processos de ascensão para a Vibração Cristal. Devido ao grande número de pessoas em transição para o estado Cristal, fomos capazes de auxiliar a própria Terra a ascender e renascer como um Planeta Cristal.

Um dos maiores focos do processo de transição foi o retorno da Energia Divina Feminina, ou a energia da Deusa. Isto permitiu que enormes explosões de energia Divina Feminina entrassem nos nossos corpos e no da Terra. Parte de nossos processos era encontrar e manter o equilíbrio das energias Divinas Masculinas e Femininas dentro dos nossos próprios corpos. Isto foi feito para criar equilíbrio entre ambas as energias Divinas dentro de nós, e para permitir uma redistribuição ou equilíbrio de força para o Divino Feminino. Isto foi largamente alcançado, e como verão pelo recente desastre do Tsunami, a própria Terra está se equilibrando, pois o poder Divino Feminino foi acordado nela também.

Este equilíbrio de poder não tem sido visto na Terra desde os tempos da Lemúria, que existiu na frequência do Paraíso ou Céu na Terra. A Lemúria foi um paraíso onde todos estavam conectados como um só. Onde havia igualdade e equilíbrio entre todos os habitantes do planeta. Todos existiam num estado desperto e viviam conscientemente. Trabalharam com e tiraram o principal do Grande Deus e Deusa Divinos e co-criaram com o Um Divino.

Esta co-criação foi feita conscientemente e sempre com a intenção de manifestar apenas amor, paz, felicidade e abundância. Este era um lugar onde homens e mulheres viveram como iguais, nenhum dominando o outro. Não haviam divisões, nem falta e uma grande partilha e sentido de celebração foi criado entre toda a humanidade e os Reinos Angélicos, trabalhando juntos para criar o Paraíso.

Na Lemúria houve aqueles que escolheram partir e criar uma nova maneira de ser em Atlântida, onde começaram utilizando e construindo, baseando-se em tudo que tinham aprendido na Lemuria. Mas houveram muitos em Atlântida que perderam de vista o objetivo maior e começaram a usar e a abusar dos seus conhecimentos. Isto finalmente causou a destruição, tanto de Atlântida como da Lemúria. Alguns conseguiram partir antes da destruição e estabeleceram-se na América do Sul, na África e na Europa. Muitas dos antigos costumes da Lemúria e de Atlântida podem ser encontrados nas pirâmides do Egito e em muitos locais antigos da América do Sul e da Europa. Infelizmente os antigos costumes da Lemúria e de Atlântida foram esquecidos pela humanidade, e tivemos que recomeçar.

Por muitos séculos a nossa sociedade e a nossa cultura trabalharam para subjugar o poder feminino à escravidão, submissão e fraqueza. Nosso mundo tri-dimensional foi organizado para actuar de acordo com a formula Masculina de pensamento e estrutura. Dominação, agressão, força e controle têm estado no âmago de todos os nossos relacionamentos e condições sociais. As qualidades Femininas de intuição, compaixão, não-violência, nutrição e cura foram desacreditadas. No passado a Deusa foi enfraquecida, mas não foi silenciada, foi permitido a ela falar, mas não foi ouvida.

Não tem havido equilíbrio de poder entre as energias Masculinas e Femininas no planeta, e a mulher tem tido que assumir frequentemente ambos os papéis Feminino e Masculino para sobreviver na nossa cultura. Muitos de vocês que já tiveram filhos perceberam que isto não funciona. As mulheres não são super-humanos e não são capazes de serem ou fazerem tudo.

Os papéis dos pais e parceiros foram obscurecidos, desigualados e desequilibrados. Agora é o momento de criar um equilíbrio que seja igual em poder e beneficie a todos. É especialmente o momento para homens e mulheres retomarem seu poder e trabalharem com a energia do Deus e da Deusa de forma que sejam fortalecidos para viverem vidas equilibradas, completas e saudáveis. Os papéis tradicionais necessitam de ser redefinidos e retrabalhados de maneira a que vocês possam dar apoio e amarem-se uns aos outros incondicionalmente. Isto não significa retornarem a papéis arcaicos baseados na força e na submissão, mas significa sim, redefinirem os seus papéis nos relacionamentos e na estrutura familiar. Um equilíbrio de forças precisa ser criado e, de fato, é isto que significa estar numa parceria ou num relacionamento. Existe o Arquétipo da Mãe ou do Pai, e o Arquétipo da Esposa ou do Marido. Estes papéis arquetípicos foram criados há milhares de anos, e estão relacionados com a Terceira Dimensão. Na Nova Terra que estamos criando, é hora de recriarmos estes papéis e definirmos papéis individuais que pertençam a cada indivíduo a nível de Quinta Dimensão. É extremamente difícil quebrar estes papéis convencionais, e requer coragem e um conhecimento consciente de quem vocês são, porque estão aqui e o que têm a oferecer à humanidade como um todo.

Atualmente a maioria dos homens e mulheres estão magoados, e a chave da cura não será encontrada em outra pessoa, mas numa jornada de Auto-Descoberta. Não há fim para esta jornada pois é um processo de aprendizagem para toda a vida. Uma aprendizagem sobre vocês mesmos, sobre a humanidade e sobre a vossa conexão com tudo. Uma vez tenham começado suas jornadas de autoconsciência e cura, acharão mais fácil amar e sentir compaixão por todos os outros. Uma vez que tenham descoberto isto em bases individuais, somente então serão capazes de começar a criar relacionamentos que sejam iguais e fortalecidos, onde serão capazes de começar um trabalho em conjunto, como uma equipe, amparando e amando-se uns aos outros enquanto trabalham e retribuiem à vossa comunidade numa escala global.

O equilíbrio do poder entre o Divino Masculino e o Divino Feminino é extremamente importante em relação às crianças. Se não houver um uso correto do poder, como poderemos como pais e responsáveis ser capazes de efetivamente cumprir as funções de pais e trabalharmos com as nossas crianças? Elas estão aqui para nos ensinarem novas formas de ser e novas formas de interagir, e a não ser que desçamos dos nossos pedestais e percebamos como eles estão conscientemente vivendo no presente, acabaremos destruindo não apenas a nós mesmos mas também as nossas crianças e o nosso planeta. Recebemos um magnífico presente nas nossas crianças e necessitamos tomar este conhecimento e este poder que elas estão oferecendo e usá-los para co-criarmos um paraíso onde vivamos todos como iguais, saudáveis, equilibrados e fortalecidos seres humanos. Elas nos deram o presente da ascensão e depende de nós tomarmos este poder e usá-lo de formas reais e significativas. Depende de nós como homens e mulheres conectarmo-nos com este poder e começarmos a usá-lo para criarmos as necessárias mudanças em nós mesmos, na nossa sociedade e no nosso mundo. Nós conseguimos o impensável – ascendendo rapidamente nosso planeta sem auto-destruição, e é nossa responsabilidade tomarmos este conhecimento e este presente e trabalhá-los, e criarmos a nossa versão de um Paraíso de Quinta Dimensão.


Postar um comentário