08 fevereiro, 2011

SUBINDO AS ESCADAS DE JACOB - CHICO XAVIER





SUBINDO AS ESCADAS DE JACOB (Gênesis 28: 11-19)
Mensagem de Francisco C. Xavier, psicografada por elisangelis em 10.1.11, às 2h50(brasília)

Que a paz do Divino Mestre Jesus habite vossos corações!

Amados irmãos em prova terrena, que a esperança e a fé sejam sempre a âncora que os mantêm firmes no solo da experiência do espírito na matéria.

A alegria que acompanha vossas jornadas nas datas festivas deve se estender pelos demais dias, não bastando apenas que a alimentem quando apenas programado no calendário, pois o sentido da alegria está na espontaneidade do seu nascimento e práticas constantes.

A alegria é o antídoto para muitos males que nascem na busca desenfreada do espírito pela satisfação dos deveres superficiais que compõem o dia a dia.

 A paz decorre da desobrigação que a alma leva quanto às exigências que a rotina e a cultura consumista impõem a todos, isso em todos os aspectos da vida que não só o comercial, pois consome-se idéias juntamente com os produtos regiamente ofertados.

Livrar-se desses imediatismos oriundos da cultura consumista é, sem dúvida, uma das grandes tarefas que o espírito deve buscar superar em sua jornada diária.

O olhar para si, com atenção, desvelo e desprendimento é desafio que a alma exige a superação para que se consiga desfrutar das benesses que a reflexão meditativa fornece à pessoa que busca genuinamente o crescimento espiritual.

A elevação de que vos falam como uma idéia voraz, representa condição para se alcançar a ascensão espiritual, tal qual produto que desaparece de prateleira recorde em consumo, significa aos tutores de vossas vidas, a superação dos obstáculos individuais.

A evolução é a eliminação dos entraves ao crescimento espiritual pessoal, que nem sempre representa a ascensão da alma que se liberta da roda de samsara, mas sim, libertar-se de vícios seculares, e caminhar com méritos próprios.

O desafio encarnatório em primeira análise, é sem dúvida a superação dos entraves pessoais, dificuldades que estão diretamente ligadas ao nosso ego que persiste em alimentar comportamentos egoístas que não mais ressoam com a realidade com a qual somos chamados a viver.

Portanto, conhecer a si mesmo, corrigir as dificuldades que ainda afloram do ego em redenção, para só então, seguires adiante, e, através do trabalho de amor ao próximo galgar, degrau a degrau, as escadas de Jacob.

Postar um comentário