18 janeiro, 2011

OS UNIVERSOS EM QUE EVOLUÍMOS

Diz-nos a nossa ciência que existe um só Universo composto de planetas, estrelas, buracos negros, quasares, poeiras e vacuo que se agregam tal como os átomos em conjuntos formando sistemas solares, galáxias, enxames e super-enxames .... mas e após isso ?!?

Nenhum cientista se atreve a especular sobre o limite ou não limite do Universo.

Portanto eis um resumo daquilo que a nossa ciência nos diz como sendo a nossa posição estelar (sim estelar sem R) no Universo:


Terra - o nosso planeta (3º a contar do sol)












Sistema Solar - que compreende o sol e os planetas que giram ao seu redor, não vou discutir números pois com os planetas novos que entram e a discussão sobre se plutão é um planeta era algo interminável


Nuvem Interestelar Local (Img) - com aproximadamente 30anos luz de comprimento através do qual o sistema solar está neste momento a atravessar. Tem a temperatura de +- 6000ºC e é extremamente fina com uma densidade de apenas 0.26 átomos por centímetro cúbico (Terra tem 2.7x10^19 moléculas por cc). Esta nuvem esta a movimentar-se para fora da Zona de Escorpião-Centauro (zona estelar de formação de estrelas).


Os potenciais efeitos desta sobre a Terra são prevenidos pelos ventos solares e o Campo Magnético do Sol.

A Bolha Local - é um espaço no meio inter-estelar do braço de Orion de Via Làctea. Tem pelo menos 300 anos luz de comprimento e uma densidade de 0.05atomos por cc (o normal na via láctea é 0.5). O gás quente e difuso é o resultado das supernovas que ocorreram nos passados 2 a 4 Milhões de anos. O sistema solar está a atravessar a zona actualmente ocupada pela bolha há 5-10mihões de anos(actualmente situado na nuvem interestelar local)



Cinta de Gloud (Img)- compreende um anel de estrelas com um comprimento de 3000 anos luz inclinado em cerca de 16º-20º em relação ao plano galáctico (sistema celestial de coordenadas centrado no Sol e alinhado com o centro da via láctea). Contém inúmeras estrelas do tipo O(muito quentes, luminosas e azuladas ex: Zeta Puppis) e B(muito luminosas e azuis com pouca esperança de vida ex: Pleiades) e representa o braço da espiral no qual nos encontramos. [classificação estelar das estrelas].


Braço de Orion (Img)- é um pequeno braço da galáxia com 3500 anos luz de largura e 10 000 de comprimento. Foi assim denominado devido à sua proximidad com a constelação de Orion. Está localizado entre o Braço de Sagitário e Perseus (2 dos 4 maiores).

O sistema solar encontra-se a aproximadamente 8000 parsecs (26 000 anos luz) do centro da galáxia.





Via Láctea - a nossa galáxia que já parece bem maior agora com todas as explicações anteriores x). Tem a forma de espiral e faz parte do grupo Local de galáxias. É uma das biliões delas observáveis.

Pensa-se que esta se esteja a mover em direcção à "grande atracção" que é uma anomalia gravitacional no espaço, local onde se observa uma concentração mássica 10 mil vezes superior à via láctea. Todas as galáxias desse local aparentam a nós já com uma coloração vermelha devido ao efeito Doppler e à subconsequente mudança da cor no espectro visível das radiações para os tons vermelhos de menor energia (maior comprimento de onda), atendendo à Lei de Hubble (que nos diz sintecticamente que os corpos se estão a afastar no espaço).

Pensa-se que a Via Láctea se mova a cerca de 630Km/segundo, fazendo com que a Terra viage aprox. 52 milhões de Km por dia (18.9 Biliões por ano - 4.5 vezes a sua distância mais curta até Plutão).




Grupo Local - é o grupo de galáxias que inclui a nossa, contendo cerca de 30 com o seu centro gravitacional situado entre a Via Láctea e Andrómeda. O seu diametro é de 10 Milhões de anos luz.












Super Enxame da Virgem - contém o grupo Local e pelo menos 100 grupos de galáxias e enxames localizados entre o seu diametro de 33 megaparsecs. é um de Milhões de super-enxames observáveis.













Universo - Fora as estas estruturas só são conhecidas os filamentos galácticos que são as maiores estruturas conhecidas no universo com aspecto de fio e um comprimento típico de 50 a 80 megaparsecs que formam os limites entre os espaços do universo.

São observáveis 3-7 x10^22 estrelas organizadas em mais de 80 biliões de galáxias que se agrupam em enxames e super-enxames.



-Este é o limite da nossa ciência-





O que nos diz o mundo espiritual sobre o assunto...?



Ora bem este tema é muito extenso e vou tentar simplifica-lo e esquematizar o máximo possível para que todos possamos aprender com isto.





Gaia/Terra/Planeta de Quarentena/Urantia/o que quisermos chamar.. é o nome do ser que habitamos (é igualmente interessante estudar a hipótese Gaia de James Lovelock eis o link para quem se quiser aventurar e aprender) há muitos milhares de anos e muitos povo já por ela passaram e por ela foram destruídos.







A investigação espiritual mais bem documentada e difundida quanto ao aspecto da cosmologia e sobre planeta é sem sombra de dúvida um livro mundialmente conhecido como "O Livro de Urântia" livro este com 2097 páginas redigido através de 197 manuscritos constituindo este livro uma revelação para a humanidade que não tenciona criar grupos ou religiões, somente expandir a consciência dos leitores.

O livro divide-se em 4 zonas de conhecimento:

I - Cosmologia (o Universo central [Havona] e os 7 SuperUniversos)

II - Cosmologia do nosso Universos Local (Nebadon)

III - A história do nosso planeta (Urantia)

IV - A vida e os ensinamentos de Jesus



I - Relata-nos a organização do centro do Universo (Paraíso) centro material e gravitacional dos Universos e sobre o eterno e infinito Pai, "A fonte de que tudo é"



II - Fala sobre o nosso Universo mais chegado, da sua história, dos seus regentes, dos problemas criacionais e do plano divino da criação.



III - Fala do nosso planeta e do desenvolvimento das suas civilizações antigas bem como do destino humano e dos planetas que habitaremos após esta rápida experiência neste planeta.



IV - Fala-nos da vida de Jesus contendo 16x mais informação do que a Bíblia sobre esta Energia(Jesus) mostrando o caminho da evolução individual até Deus.



O livro fala-nos igualmente de 5 Revelações.



1ª - Dalamátia: fala-nos da chegado de um príncipe Planetário ao nosso planeta e a formação da cidade modelo.



2ª - Adão e Eva: há cerca de 38mil anos quando estes chegaram e se estabeleceram no Jardim do Éden.


3ª - Melchizedek: Maquinventa filho da Ordem, também conhecidos como filhos emergênciais, aceitou encarnar no nosso planeta pois o curso programado para planeta encontrava-se "fora de rota" e a verdade estava cada vez mais deturpada. Foi chamado de Maquiventa o Sábio de Salém no ano de 1973 a.C.



4ª - Jesus de Nazaré: manifestação directa de Sananda que encarnou igualmente neste planeta estabelecendo um modelo de vida e a grande verdade que somo todos um e filhos de Deus.



5ª - O livro de Urantia: a revelação deste livro ao mundo.





Sem querer fugir mais ao tema do post "Os Universos em que vivemos" e baseando-me neste livro vou portanto deixar uma explicação cosmologico-espacial sobre onde vivemos e iremos.







- O Universo Central [Havona] contendo o Paraíso e sendo a nossa meta final de Evolução.

- Seguidamente à criação de Havona, foram criados os 7 SuperUniversos ao seu redor pertencendo nós ao mais recente e ainda em fase de "aprimoração" Orvonton (o 7º Sup Univ)



- Cada SuperUniverso (7/7) contém 10 sectores Maiores

- Cada Sector Maior (5/10 - Splandon - o nosso) contem ~100 Sectores Menores

- Cada Sector Menor (3/100 - Ensa - o nosso) contem ~100 Universos

- Cada Universo (84/100 - Nebadon - o nosso) contem ~100 constelações

- Cada constelação (70/100 - Norlatiadek - a nossa) contém ~100 sistemas )

- Cada sistema (24/100 Satania - o nosso) tem ~1000 planetas

- Urantia (606/1000 - o nosso planeta)



(Total de 1012 planetas para serem habitados)







[Esta imagem mostra Havona no centro, os 7 Super-Universos e o Nosso Planeta]



O Nosso Universo Local denomina-se Nebadon e o seu regente é Micah (sendo Jesus/Sananda/Miguel manifestações desta mesma energia)

Cada SuperUniverso é regido por um Guardião do Dia.



Cada vez que desencarnamos e estamos prontos para um avanço dimensional/de frequência há a possibilidade de seguirmos em frente para "mundos mais avançados" este caminho que traçamos leva-nos a atingir os 7 Estados de Realização Espiritual ou os 7 Jubileus.





1- Acordo com o Ajustador de Pensamentos num patamar de sobrevivência (onde nos encontramos)

2-Acordar na Vida Morontial

3-Fusão com o Ajustador de Pensamentos

4-Acordar em Havona

5-Encontrar com o Pai Universal

6-Acordar no Paraíso

7-Entrada no corpo de "Finalizador da Missão" e celebração dos milhares de milhões de anos de evolução.



O percurso do desencarnado ao longo da sua evolução pode ser consultado parte aqui: link



No final o mais importante não é saber nem compreender como tudo isto funciona até pq a nossa mente humana não está preparada para entender e processar toda esta imensidão. O Importante é trabalharmos no sentido da evolução ouvindo ou simplesmente percebendo aquilo que estamos aqui para fazer e despachar o trabalho o mais rápido possível espalhando a centelha de Deus por onde passamos.

Postar um comentário