14 janeiro, 2011

A Limpeza



Qualquer terapeuta, sempre que se esquecer de se proteger antes de iniciar uma sessão, deve fazer uma limpeza energética no final da mesma, de modo a limpar os efeitos do medo dos seus próprios pensamentos ou dos pensamentos dos outros.

O principal sintoma da absorção destas energias de vibração inferior é a fadiga. Mas um a fadiga que não se consegue que passe nem com descanso, nem com cafeína, nem com nada. Uma sensação de um profundo cansaço que vem de fontes exteriores ao seu corpo físico.
Depois de qualquer cura, aula ou sempre que sentir muito cansada(o), utilize técnicas de limpeza energética.

Existem muitas técnicas para o efeito e qualquer uma delas pode ser a apropriada para nós, por isso nunca devemos dizer que esta ou aquela é a melhor. O importante é sentirmos que realmente está a verificar-se a limpeza em nós e para isso devem ser cortados os cordões energéticos ou etéricos que ficam a ligar o terapeuta ao seu paciente. Esses cordões são lançados pelo paciente ou até pelo aluno de um modo inconsciente e ficam agarrados ao terapeuta ou professor, pois o paciente sabe que ali consegue aquilo que precisa.

Claro que isto é feito inconscientemente, mas à que ter consciência disso e fazer esse corte porque é através desses cordões, que foge a nossa energia e que também podemos receber de volta energia tóxica.

Para cortar os cordões diga em voz alta ou mentalmente:

"Arcanjo Miguel, por favor chega até mim agora e corta os cordões de medo que estão a drenar a minha energia e a minha vitalidade"

Se estiver realmente preparada(o) para libertar esses cordões, o Arcanjo Miguel satisfará instantâneamente o seu pedido.

E porque é que falei em estar preparada(o)? Porque, às vezes as pessoas agarram-se aos cordões por "uma necessidade, pouco saudável, de serem necessárias" Se este é o seu caso, peça ao Arcanjo Miguel para a(o) ajudar a libertar os medos por desejo.
Postar um comentário