02 dezembro, 2010

NO RASTRO DAS ESTRELAS








Irei falar-vos do que já sabeis para que possais aprender e para que eu mesmo aprenda.

Repartir a sabedoria é uma forma de aumentá-la e também aprende aquele que ensina. Pois o homem não consegue falar a si mesmo, senão quando finge falar aos outros homens.

Deixai-me falar aos ouvidos dos vossos corações; em voz baixa, pois a Razão não necessita gritar para se fazer ouvir. E serão inúteis as minhas palavras se eu não as disser em nome da Razão e se nelas não houver o espírito da Verdade. Porque a palavra vã não ultrapassa os limites dos ouvidos e a boa palavra frutifica em vossos corações.

Que sejam, pois, as minhas palavras
- como a água que retempera,
- como a brisa que refresca ,
- a lua que faz sonhar,
- as canções que fazem sentir .
Porque assim são as palavras que ouvimos todos os dias dos lábios do Pai.”

Trechos isolados extraídos do livro - A Sabedoria de Hassan
Flávio Cruz

Postar um comentário