02 janeiro, 2011

A Origem da Irmandade dos Sete Raios


A Irmandade dos  Sete Raios – Deus e Deusa Meru (Deus só existe um. Quando usamos o termo Deus e Deusa, estamos nos referindo a  seres cósmicos, que personificam a consciência divina no cargo que ocupam)
Texto extraído do Livro A irmandade dos 7 Raios, Ed. Madras, 1997. Livro canalizado por Carmen Romo e retrabalhado e recanalizado por Rodrigo Romo. – www.shtareer.com.br, neste site você poderá encontrar outros Livros de Rodrigo e Carmem Romo.



A Origem dessa irmandade , que possui estreita relação com a Fraternidade Branca , teve o seu trabalho  distribuído  pelo planeta através de irmãos eremitas e muitos  outros iniciados , que se infiltravam nos meios políticos e culturais da nossa  sociedade . 
  
Teremos que nos remontar ao continente submerso  da Lemúria , considerado por muitos como o berço da humanidade , embora  isso se relacione com as ultimas 4 civilizações  , que ocuparam e se desenvolveram na Terra . Como  transmitido anteriormente , a Terra  já teve contando com a nossa civilização 21 ao todo , sendo que 17 conseguiram  transmutar e colonizar outras pousadas fora da Terra  ou em outras dimensões e planos existenciais em paralelo ao nosso . Poderemos enquadrar algumas dessas civilizações perdidas como sendo Intraterrenas  e transoceânicas[1]  .    

Lemúria é o nome da última parte do grande continente de Mu , localizado no Pacífico , tendo atualmente como remanescentes as ilhas da Polinésia Francesa e a Ilhas de Páscoa  .  Este enorme continente afundou há cerca de 30.000 anos  a.C. , esse processo  continuou  durante muitos anos  , devido a constantes cataclismos de ordem  geológica .  Muitas partes desse continente foram se fragmentando , tendo muitas lendas antigas se passado em  antigas ilhas isoladas  de MU . 

Esses cataclismos menores tiveram  sua história cronológica  entre 10.000 a 12.000 A.C., Isso aconteceu  pouco antes da submersão da ilha de Poseidonis , a ultima  parte que ficara do também perdido continente da Atlântida . 


O Senhor Aramu-Muru (Deus Meru)[2] , foi um dos grandes sábios Lemurianos e  também o guardião dos pergaminhos  sagrados com  milhares de informações  e arquivos secretos  , que contavam os êxitos  e as fatalidades  no desenvolvimento  dos povos Lemurianos , até o termino do ciclo desse continente.

Os  sacerdotes dos templos iniciados desse continente sabias das conseqüências que teriam os maremotos e todo o processo de submersão  do continente ,  essa  submersão era uma resposta  da lei  de cauda e efeito  aos testes diabólicos  do lado negro da sua civilização , que assim como os povos do continente Atlânte , também se encontravam engajados .   

Existiam muitas evidencias e avisos por parte dos Elementais sobre as conseqüências dos seus atos , mas esses avisos foram ignorados e uma grande maioria  se aprofundou mais ainda nessa energia desqualificada .  Parte da civilização remanescente que escapou a destruição  erigiram nas profundezas do Monte Shasta  , na Califórnia , costa Ocidental dos E.U.A , sua base e moradia , a qual existe até o presente momento num plano dimensional semelhante e até igual ao nosso . 

Eles se isolaram por completo do resto da Terra , não permitindo o contato  nem sequer unilateral com ninguém . Foi alias uma forma de requalificarem suas energias e evoluírem sem a interferência constante dos  extraterrestres , que abundavam naqueles tempos sobre nossas terras e continentes .


Os Mestres e servidores da Luz , que trabalhavam  no propósito Divino , começaram a guardar e recompilar os arquivos  e documentos das bibliotecas da Lemúria. Cada Mestre foi escolhido pela  assembléia da Fraternidade Branca  para ir a uma região diferente da Terra , onde , em segurança  pudesse estabelecer  uma escola da Antiga e Arcana Sabedoria , a fim  de assim preservas o conhecimento adquirido pelas civilizações anteriores  , no âmbito científico e espiritual  do passado.

No principio durante muitos milhares  de anos ,  estas escolas deviam  conservar-se  ocultas  aos habitantes do mundo externo , tendo seus ensinamentos   e reuniões em templos secretos . Isso derivou a nome de Escolas de Mistérios ou “ SHAN-GRI-LÁ”  da Terra. 

O senhor Meru , como um dos Mestres da Lemúria , foi escolhido pela Fraternidade Branca , para levar os pergaminhos e arquivos  em cristais sagrados , juntamente com o Disco Dourado do Sol de MU ,  para a área montanhosa de um lago  recentemente formado pelas hecatombes geológicas , esse lago é o atual Titicaca . Ali ele guardaria  e manteria o foco  da chama da iluminação . 

O Disco Dourado  do Sol , era guardado no grande templo  da Luz Divina , na  Lemúria , é não constituía meramente  um objeto banal  de rituais de adoração , e tampouco servia para esse propósito pelos sacerdotes Incas do Peru na posterioridade.    

O Deus Meru , viajou com o seu complemento Divino  e seus servidores da Luz , por merecimento  nas naves de luz , que sua tecnologia já conseguia construir , Habitaram e prepararam  os futuros templos  subterrâneos na costa ocidental dos Andes.   

No processo de submersão do continente lemuriano , as transformações e cataclismos assolaram todos os outros continentes , pois afinal  sabemos que  abaixo da crosta terrestre temos   as placas teutônicas , que se locomovem e se chocam entre si , provocando terremotos .  

Esses  choques entre grandes placas provocam como  efeito subsequente  o surgimento de  morros e deformações nos locais  de grande atrito e choque , isso originou a cordilheira do Andes , a maior do globo .   

A antiga cidade de Tiahuanaco[3]  era nesse tempo  um grande  porto  marítimo colonial do Império  Lemuriano , de grande esplendor e importância para a Mãe-Terra . Durante os cataclismos subsequentes ela foi erguida   do nível do mar até a sua posição atual  , num  alto planalto árido , acossado pelos ventos e de um clima frio e seco . 

Obviamente , que antes desses cataclismos não existia o Lago Titicaca , ele era uma depressão  e fenda abissal  daquela região do pacífico .  Atualmente encontra-se a cerca de 4.000 metros de altura e contem água salgada , o que demonstra  sua origem como marítimo . Os pesquisadores também  não podem questionar as origens desse lago . Todas as pesquisas geológicas confirmam as grandes mudanças geológicas , que ocorreram a centenas de anos  no passado . Embora as datas ainda  sejam um problema crucial para muitos estudiosos .  

Foi então nesse lago recém formado , que continha e ainda contém algumas ilhas , isoladas , que se estabeleceu o primeiro templo Etérico do Deus e deusa Meru .  Foi erguido  o Mosteiro da Irmandade  dos Sete raios , isso remontasse a um tempo no qual ainda não existia a propagação dos 5 raios secretos para a Terra , hoje temos 12 raios e  o 13º  na forma dos cinturões de Fótons , também  encontra-se direcionado para o nosso planeta.  

Este mosteiro que deveria ser  o lar  da irmandade através das idades na Terra , foi colocado num imenso vale  que tinha surgido durante os dias do nascimento dos Andes , e era  estranho filho da natureza  ao qual a disposição e  altitude exatas , davam um tépido  clima semi-tropical , onde podiam produzir-se frutos e nozes  de tamanho fenomenal . 

Ali no topo das ruínas  que outrora tinham estado ao nível do mar  , como a cidade de Tiahuanaco , o Senhor Meru construiu o Mosteiro com blocos de pedras  gigantescos , cortados apenas com a energia da força da  Luz primária[4] . Esta estrutura ciclópica é a mesma  na atualidade , representa uma maravilha  histórica para toda a humanidade , pois a Lemúria representa o berço de muitas raças que se espalharam e povoaram o globo no decorrer de centenas de anos .


Os outros mestres da Lémuria , rumaram para outras terras e ali estabeleceram seus redutos e templos sagrados , também levando consigo os arquivos secretos da civilização Lemuriana . Em todos esses locais que se estabeleceram , foram criadas escolas  de estudos esotéricos visando evoluir e transmitir para a humanidade externa os ensinamentos da verdadeira Luz .  

Esses segredos tiveram que ser escondidos , para que não mais se utilizassem para fins negativos , como tinha acontecido  antes , embora  os povos que habitavam a Atlântida , continuavam a utilizar essas energias e acabaram por provocar uma série de cataclismos , que culminou na submersão do seu continente . Os  mestres de Luz desse continente  foram  encarregados de guardar os segredos e arquivos  no Egito , foram eles os verdadeiros fundadores do Egito  em paralelo a fundação do templo do Deus e deusa Meru. 

O interessante  a título de revelação , por  deslocamento temporal mental e astral , é que  a Atlântida sofreu a influência negativa dos habitantes da  Lemúria , no decorrer de séculos , até culminar  num ponto energético insuportável para a Mãe-Terra . O mal uso das energias mentais e dos Elementais da natureza , somando-se a alta magia negra , que eles  utilizavam  uns contra os outros , desencadearam  verdadeiras tormentas telúricas astrais contra suas próprias cidades .  

As lendas de bruxarias e magos , que encontramos em  livros e gibis  de Conam o Bárbaro , são extraídas de épocas  Lémurianas e Atlântes , que se propagaram para a Europa e resto do mundo , mas quando esses dois continentes foram submersos , grande parte da energia negativa foi  aplacada  e consumida pela Terra . O que restou foi apenas uma pequena parte da verdadeira magia e poder que esses humanos possuíam .

A ciência Secreta de Adona , Atlântida e de outras  civilizações  do mundo  antigo , altamente adiantadas  , pode hoje  ser  encontradas nas bibliotecas dessas escolas esotéricas . Estas civilizações enviaram representantes com todo o conhecimento  prevendo  o fim do seu ciclo .  Existem muitos retiros  nas profundezas de montanhas  , onde foram guardadas muitas informações sobre  as civilizações perdidas , porém  muitos desses centros encontram-se  bloqueados para nós ainda , são guardados por poderosos Devas. 

A congregação Mormão  , nos E.U.A , escavaram  profundamente  na cadeia rochosa  ocidental do  Estados Unidos ,  grandes centros computadorizados contendo  uma grande gama de informações  sobre nossa civilização , com medo do final dos tempos . Da mesma forma todas as civilizações antigas  com algum  grau de percepção  procuraram guardar suas experiências , uma forma de perpetuar sua espécie e suas  potencialidades para um posterior retorno ou reconstrução. Lobsang Rampa  no seu livro “A Caverna dos Antigos” , ele faz referência  a uma  caverna repleta de instrumentos e equipamentos  pertencentes a  uma antiga civilização , que pereceu num cataclisma  em território montanhoso  do Tibete .

Esses  retiros  tem estado sobre a guarda da Fraternidade Branca  , para evitar que  conhecimentos  muito além daqueles  aos quais nossa maturidade  possa  compreender seja novamente utilizado de maneira indevida , como já ocorreu por diversas vezes .  Infelizmente  alguns membros do Governo Secreto Maligno[5], tem conseguido passar muitos desses conhecimentos para  os nossos representantes do Governo Secreto , inclusive  alguns centros de rastreamento e desenvolvimento de algumas civilizações já estão em poder deles desde os anos 40.

Na época não  foi possível intervir , porque os cientistas estavam obcecados pelos conhecimentos dos arquivos e também foram influenciados  por esses representantes não confederados  a acessar parte dos conhecimentos. Foi um verdadeiro pacto com o Demônio , como costumamos dizer . Hoje essa situação encontra-se mais equilibrada  , pois o Comando Asthar  tem conseguido minimizar a influência e o poder desses seres , os templos e ruínas restantes permanecem em poder  das hordas da luz ou isolados .

O vale do mosteiro da Irmandade dos Sete Raios é conhecido como o vale  da Lua Azul , e está localizado no alto da cordilheira Andina , no  lado setentrional Peruano  do lago Titicaca. O senhor Meru não estabeleceu o mosteiro logo após  a sua chegada a essa região .  Permaneceu muitos anos  explorando a área  das montanhas e vales perdidos , que a nova conformação geológica tinha e ainda estava conformando , foram tempos com muitos terremotos  e erupções vulcânicas . 

Muitos outros seres se uniram na busca de Meru , pois aqueles que  tinham um grau  vibracional  com afinidade ao novo plano de salvamento , tinham tido a oportunidade de salvar-se e juntar-se a Meru , o mesmo ocorreu em todos os cantos da Terra , mas também existiram lugares onde só  chegaram seres  sem o conhecimento  sagrado , eram  diversas raças e  representantes das mais diferentes civilizações  e cidades de Mu ou da Atlântida.

Isso  iria fazer com que  os retiros ao longo dos anos tivessem que ser  cada vez mais escondidos ou traspassados para o plano etérico.  Essas pessoas , que não estavam  em conhecimento do plano , ou eram representantes  das categorias de seres humanos  perturbados e errantes vibracionais , ou seja , pessoas que tinham um grande envolvimento com o mau uso das energias direta ou indiretamente, alias uma grande maioria  como tem se repetido em todos os tempos.

Nessa época a troca de matéria prima com nossos vizinhos  estelares  , era comum e do conhecimento publico , a tecnologia empregada , estava baseada na energia das partículas  atômicas de levitação e magnetismo , igualmente empregadas por uma grande variedade de extraterrestres . 

A Irmandade dos Sete Raios tivera já a sua existência  em épocas remotas , durante o tempo da raça mais antiga da Terra , quase um bilhão de anos atrás , contudo  sabe-se que  isso só se refere  as manifestações da categoria humanoide , anteriormente houve  a partir de 3,2 bilhões de anos o surgimento de vida num outro contexto ,  animal e vegetal , o qual também atingiu suas manifestações  de elevado grau  intelectual e espiritual , também pereceram por centenas de cataclismos . 

Esses seres  foram representados pelas raças repteis e de alguns insetos , que atualmente  trabalham  nos planos sutis para  ajudar  no plano de  transmutação da Terra , para uma  vibração superior .  

Quando surgiu a necessidade da criação da Irmandade dos Sete Raios  , ainda era preciso a tutoria das seres  extraterrestres e de muitos criadores , para  acompanhar e guiar o nosso desenvolvimento , porém as entidades que  formavam essa então Irmandade dos Sete Raios não era totalmente física , era constituída de seres de alta Luz e  de outras dimensões , pois eles sabiam que os nossos criadores eram  imperfeitos  e não possuíam  total controle sobre a situação , o que ficou comprovado posteriormente .  

Salientamos  , que a Fraternidade Branca  da Terra foi criada a cerca de 18 milhões de anos atrás pelo Amado Sanat Kumara , então representante de Vênus. Até  o momento  do cataclismo que  submergiu o continente  de Mu  , a Irmandade dos Sete Raios , nunca dispusera de  um Mosteiro ou templo  destinado a estudantes  que estivessem na busca do conhecimento e da harmonização  espiritual para combinar o fluxo das  suas  correntes vitais.


Cada estudante nasceu de um dos Sete Grandes Raios da Vida , como nascemos todos , e estes Raios deviam ser combinados  por cada estudante , tecendo seu próprio Raio (dele ou dela), como se fosse um fio colorido na tapeçaria que simbolizava a vida espiritual do Mosteiro. Daí a sua designação de irmandade dos Sete Raios , também conhecida  como a irmandade da Iluminação. 
--------------------------------------------------------------------------------

[1] Civilizações  que vivem submersas no Pacífico Sul , Antártida e Atlântico .
[2] Membro da Fraternidade Branca , Possui um Templo  No Lago Titicaca na Bolívia .
[3] Localizada na Bolívia , próximo a La Paz , beirando a Lago Titicaca.
[4] Espécie de foco Laser ,  produzido por prismas de cristal  de Diamante , trabalhado por sacerdotes e extraterrestres . Esse método foi empregado no corte das pedras das pirâmides  séculos antes , pelos Nodianos , uma raça de extraterrestres  arquitetos.
[5] Grupo não governamental , que detém o poder  de manipulação sobre nossos dirigentes e sobre o Governo Secreto , constituído pela cúpula de 13 famílias altamente influentes no globo. São de origem extraterrestre e pertencem a dimensão 2,48 . Vivem em outro plano dimensional , e   possuem alguns representantes  em cavernas subterrâneas  escavadas pela cúpula Norte Americana , na área 51 , próximo ao Arizona , existem alguns membros dessa espécie de seres  malignos . Eles são como vampiros energéticos , se alimentam de plasma proveniente do medo , paixão , sentimentos fortes com baixa vibração .


Postar um comentário